RPG - fisioterapia

A RPG (Reeducação Postural Global) é uma técnica fundamentada por Philippe E. Souchard a partir das idéias da terapeuta corporal F. Mézière. Esse método considera o sistema muscular de forma integrada, organizando os músculos em cadeias musculares (cadeia respiratória, cadeia posterior, cadeia ântero-interna da bacia, cadeia anterior do braço e cadeia ântero-interna do ombro). A base da técnica é o alongamento de músculos encurtados.

A RPG trata o indivíduo e não a doença, porque cada um tem sua própria resistência à agressão e sua própria maneira de reagir a ela, muitas vezes adotando padrões posturais alterados para evitar a dor ou bloqueio.

O indivíduo tende a fazer compensações e acaba por escolher uma postura que minimize a dor, dificultando a localização da dor inicial. Vale conferir um exemplo citado por Souchard: um indivíduo que sofre um entorse do ligamento do joelho esquerdo inicia uma claudicação para permitir andar sem dor. Primeiro altera a movimentação livre do quadril esquerdo, o que afeta também sua sacro lombar. Os músculos espinhais estabelecem uma compensação vertebral que provoca uma lordose mais acentuada à direita. Finalmente o ombro se eleva gradativamente a cada vez que o indivíduo toca o pé esquerdo no chão. Assim, esse paciente pode chegar ao consultório muito tempo depois, queixando-se de dor nas costas.

O que mantém o ser humano em pé contra a gravidade é a cadeia de músculos estáticos que requer um estado de contração parcial, possuindo assim um tônus num padrão mais elevado. Em casos de patologias ou estresse, esses músculos se tornam mais encurtados, o que pode causar desvios em ossos ou articulações. Durante o tratamento, caberá ao fisioterapeuta tentar descobrir como a causa do problema se relaciona com o sintoma, analisar as compensações que o paciente desenvolveu e revelar as retrações de defesa criadas por ele para esconder uma dor ou uma tensão. É um trabalho fino, delicado, que exige um tratamento personalizado e individual, pois cada comportamento é pessoal.

A atuação da RPG é de forma globalizada. São alongadas as cadeias musculares encurtadas, por meio de posturas de estiramento ativo, usando a modalidade de musculação isotônica excêntrica, que alonga o grupo muscular tratado e, ao mesmo tempo, aumenta a força muscular. Procura-se assim pôr o corpo inteiro em estiramento máximo, evidenciando tensões particulares que se relacionam umas com as outras, como se fossem "fios". Esses fios permitem passar do sintoma à causa da lesão, restituindo a boa morfologia - reflexo fiel da estrutura - e, conseqüentemente, recuperando a função.

O método de RPG compõem-se de quatro famílias de posturas:

Família de Posturas Família de Posturas
Abertura de quadril, braços fechados Postura rã no chão, braços fechados
Postura de pé contra a parede
Postura de pé no meio
Abertura de quadril, braços abertos Postura rã no chão, braços abertos
Fechamento de quadril, braços fechados Postura sentada
Postura rã no ar, braços fechados
Postura de pé inclinada para frente
Fechamento de quadril, braços abertos Postura rã no ar, braços abertos

Estas posturas são aplicadas de forma progressiva, suave e lentamente associadas a expirações contínuas e vagarosas, que têm por objetivo alongar também os músculos inspiratórios.

A RPG é indicada para pessoas de todas as idades e para a maioria dos problemas que afetam o sistema músculo-esquelético: dores lombares, dorsais e cervicais; lesões por esforço repetitivo (LER); desvios de coluna; alterações de pés e joelhos; bursites torcicolos e hérnias de disco.

Esse tratamento identifica a origem dos vícios posturais e os corrige. Geralmente faz-se uma sessão individual de 50/60 minutos, uma vez por semana. O número de sessões depende do problema do paciente.





[ voltar para dicas & saúde ]


Patrocinador







Parceiros

 






Newsletter

Receba nossa newsletter






Redes Sociais

Twitter Facebook Orkut

Site desenvolvido por Treino Online | Copyright 2009-2017 - Todos os direitos reservados à Flávio Freire Assessoria Esportiva